quinta-feira, 6 de setembro de 2007

Porquê? II

Porque insistes em moldar-me à tua imagem?
Porque me julgas quando não me entendes?
Porque estás sempre a tentar compreender-me?
Porque fazes tantas perguntas?
Porquê tantos porquês?
Porque não cresces?

4 comentários:

Divingdeep disse...

Chama-se co-dependência!
Sobrevive-se quando se corta o processo!
3 na 2: é razoável!
Falta a reposta!
Não gostas de mim!
Não gosto de ti!
Assim também não cresces!
Foges!
De ti!
Claro!

Tindergirl disse...

Já vi que és entendido nestas matérias. Ainda bem que tens as respostas todas :)

Divingdeep disse...

Mal entendido, pelos vistos.
É só um ensaio de um discurso ao contrário, refletindo o ambiente que prespassa por trás de tantas interrogações.

De resto, pelo gosto que tens nas letras das músicas, aqui caberia "Retalhos".

Anónimo disse...

Correndo o risco de ser picuinhas, escreve-se:

perpassa

reflectindo