segunda-feira, 25 de agosto de 2008

Em câmara lenta como na tv

- Lembras-te daquele apartamento em que eu vivia com a Fátima nos nossos tempos de estudante?
- Oh pá, se me lembro…
- Fomos bem felizes.
- Apareciam lá pessoas de dia e de noite. Era o Bruno, o Fred, a Elsa, o Alex, o Eduardo…
- Sim, era tão natural. Entravam, sentavam-se e ficávamos ali todos, a conversar, a jogar cartas, a ouvir musica. Às vezes em silêncio, mas estávamos todos juntos.
- Sim, nesses tempos nunca senti solidão.
- Pois era. Nem havia amanhã.
- O que será feito deles?

1 comentário:

Curdo_pt disse...

"Nem havia amanhã". Aposto que às vezes, "nem havia ontem". :)