sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

Leaving songs

Depois de jantar, ele bebeu um pequeno copo de aguardente. Depois escolheu um disco e pôs a tocar.
Começámos os quatro a dançar à volta da mesa da sala. Era aquela musica do assobio. Ele assobiava também, ria-se e fingia que estava a marchar como quando o fazia na tropa. Ria-se e pedia-nos para não pararmos. Sempre às voltas. Depois invertia o sentido e andávamos à volta da mesa no sentido contrário.
Três de nós, deixámos de sorrir e percebemos que nada daquilo que estava a acontecer era real.
Depois parámos e com medo que ele desaparecesse abraçámo-nos a ele e fizemos a família unida. Ela acordou e continuou a ouvir o assobio às voltas na sua cabeça.



The Bridge on the River Kwai

1 comentário:

jmergulhao disse...

ok ko

do dp

tanta já não vista

há uma, da barbara??

for us

a place

or cry me a river

ky