segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Veados com fome II

- Porque é que achas que de vez em quando aparecem anónimos a comentar no teu blog e a atacar-te?
- Não sei. Primeiro porque não têm coragem de mostrar quem são e talvez se sintam atingidos por alguns posts que eu escrevo.
- Às vezes parece que te odeiam.
- Parecem-me mais despeitados.
- Porquê?
- Talvez porque tenham perdido um jogo que tentavam jogar.
- Sim, no fundo estão bem lixados.
- O mais engraçado é que se consideram muito importantes.
- Não devias dar confiança a pessoas assim.
- Até podem não ser más pessoas. São o despeito e a fome que os transtornam.

7 comentários:

AP disse...

Eu acho que é mais a fome que os dissimula e o despeito que os revela...

Tindergirl disse...

E não há paciência para aturar isto no inicio de um ano novo...

Anónimo disse...

Nem tens hombridade para falar na primeira pessoa. Já reparaste que falas sempre na terceira pessoa?
Falas tu de coragem! Enfim, muita parra e pouca uva!

Tindergirl disse...

Ahahahaha!!! Hombridade? Tu sabes lá o que é isso. Não sei porque ainda continuas por aqui. Alguma pedra no sapato? Vá de retro!

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Rael disse...

ACho esta situação tremendamente injusta pois agora não consigo comentar como anónimo! Porra, é que há anónimos e anónimos! Não podes meter todos os anónimos no mesmo saco! :) Eu até sou contra a uniformização maoista e a favor da expressão da individualidade, mas a minha individualidade por vezes passa pela expressão da minha timidez e sinto que agora isso me está a ser negado!

Tindergirl disse...

Pois, não é justo. Por causa de uns pagam outros. Tu és boa pessoa mas há pessoas que usam o anonimato de forma desonesta.