terça-feira, 20 de novembro de 2012

Penso que penso IV

A sintonia aproxima-nos.
Tocamo-nos na pele.
Entendemo-nos.
Mesmo que estejamos em continentes diferentes e longínquos.
A sintonia não se explica.
Sente-se.
É por isso que continuo a ouvir-te murmurar.
Murmurar...

3 comentários:

jp disse...

gosto muito da ideia e imagem de visitarmos uns aos outros em espírito como fantasmas, de nos sentirmos uns aos outros sem nos tocarmos, bom fim-de-semana**

Tindergirl disse...

Muito obrigada JP pela tua presença aqui. Quando leio o que escreves parece que te entendo tão bem. São as nossas vidas que se cruzam apesar da distância. Bom fim-de-semana **

jp disse...

andamos em órbitas semelhantes**